O_uso_do_isopor_na_construcao_civil.jpg

O uso do isopor na construção civil

03/07/2017

O poliestireno é uma resina do grupo dos termoplásticos e isso significa que quando submetido a altas temperaturas o poliestireno pode ser moldado e transformado.

O poliestireno é fabricado a partir do estireno, um plástico derivado do petróleo; quando o poliestireno é expandido obtemos o EPS.

O EPS foi descoberto na Alemanha em 1949, chegou ao Brasil por volta dos anos 60 e em 1998 foi registrado com o nome de Isopor.

O poliestireno expandido ou isopor, como é conhecido de todos nós, é um produto bastante utilizado principalmente em embalagens, mas fora desse uso as pessoas não sabem muito bem que destino dar a ele.

O que acontece com frequência é que o material é descartado, abandonado pelas ruas, causando prejuízos. Sendo de natureza impermeável acaba entupindo bueiros e esgotos, e ao cair em rios e mares pode causar a morte dos animais que o confundem com alimento.

Mas é exatamente por essas características ditas indesejáveis que o isopor passou de vilão a protagonista da história, ganhando destaque prioritário no setor da construção civil.

Devido à sua resistência e impermeabilidade entre outras propriedades o isopor está deixando de ser um resíduo problemático, para ser utilizado na construção de casas, em estradas, edifícios e até na engenharia naval.

Vantagens

-Resistência e durabilidade
-Isolamento acústico
-Isolamento térmico
-Boa resistência mecânica
-Transporte facilitado
-Fácil modelagem

O isopor é fornecido em blocos de 2 metros de comprimento ou em cortes personalizados o que já é uma grande vantagem em relação a outros materiais.

Pode ser recortado e retirado com facilidade de dentro das formas, dada a sua propriedade semi-elástica, permitindo criar detalhes complexos em relevo ou recortes no concreto acabado.

Utilizado no lugar de pedra brita, em forma de pérola pré-expandida ou flocos reciclados através da moagem de peças descartadas. Esse tipo de isopor é usado em preparações com cimento, areia, água e monomassa.

O concreto leve é largamente empregado em paisagismo, e em projetos que não exijam grandes esforços, como regularização de lajes, nivelando pisos devido ao acabamento homogêneo de superfície que ele oferece.

O EPS pode ser utilizado em telhados de fibrocimento e em telhados com telhas de cerâmica e concreto..

De acordo com o especialista em EPS, Paulo Roberto Bahia, a utilização de paredes argamaçada com isopor oferece além de conforto térmico, uma economia estupenda de até 40 % no custo total da obra, segundo ele:

-As paredes são feitas com telas de aço, e placas de EPS e em acabamentos de até dois centímetros de espessura, a economia é possível, pois não é necessário instalar radier, baldrame, pilar ou viga- afirma.

Forros de Isopor

Para isolamento térmico e decoração, os forros de isopor são práticos e funcionais e esteticamente lindos. Além disso, a vantagem da economia e segurança.

Fonte: Metálica
Assista nossos vídeos no Youtube Notícias Trabalhe Conosco
Todos os direitos reservados. Constata Construções Ltda.